Conseguir certificar uma organização, seja em qualquer tema, é uma grande conquista que comprova os esforços de todos os envolvidos e o comprometimento com o assunto, chancelado por especialistas no assunto com um olhar imparcial.

As empresas que passam pelos processos de certificação, desde o preparo e implantação dos processos internos até as auditorias e o recebimento do resultado, sabem que a demanda de esforços é hercúlea!

Então, viemos através desse texto, fornecer motivos para a as organizações manterem suas rotinas alinhadas ao propósito alcançado e, principalmente, verem as vantagens de se manterem certificadas e recertificarem – sem sofrimento!

Como primeiro passo, logo após a obtenção da certificação, recomendamos a análise minuciosa do relatório de auditoria, para internalização dos comentários, não conformidades, pontos fortes e fracos. É preciso que ações sejam tomadas em relação aos itens apontados.

A elaboração de um plano de ação é importante para que os envolvidos nos processos consolidem as suas responsabilidades em manter a consistência e aderência aos processos, corrigindo o que não foi completamente eficiente no primeiro momento e melhorando o que deu certo. Todo plano deve abranger todas as ações necessárias, que devem ter responsáveis e prazos definidos.

Durante o processo de execução do plano de ações também é recomendável que sejam avaliados os processos inicialmente implantados com o olhar interno, de quem faz o dia a dia, como verificação da adequação e praticidade dos documentos criados – formulários, diretrizes, políticas e todos mais em que a organização detectar que podem ser alterados.

Essas adequações devem ser feitas de modo que todos vejam o processo como prático e que traz valor ao dia a dia. Ter um formulário que vai levar tempo para ser preenchido e não vai ter utilidade ou não vai ter seus dados mensurados é fazer a equipe perder tempo. E isso ninguém quer. Mas ter um formulário realmente útil, que demonstra a melhoria de desempenho, que mostra a melhoria contínua e pode otimizar os trabalhos realizados é um jeito de que todos vejam valor nos processos implantados.

Esses registros também são uma ótima fonte de demonstração de evolução nos próximos processos de auditoria – manutenções e recertificações. É gratificante para todo auditor ver o empenho das equipes e organizações nos temas auditados, ver que a certificação traz valor ao dia a dia da organização.

Com isso, todos saem ganhando: a equipe, que trabalha de forma mais eficiente; a organização, que melhora seus controles, diminuindo perdas, mantendo equipes satisfeitas, aumentando sua credibilidade perante parceiros e sociedade e também para a equipe certificadora, que vê sua missão de disseminação de conhecimento e valores ampliado.

Esperamos ver cada vez mais empresas amadurecendo com suas certificações, especialmente as de integridade, como a CertiGov, trazendo mudanças reais à sociedade!

Dicas para manter o processo de gestão da integridade organizacional

Para que a sua organização mantenha a integridade como ponto forte, a gestão do tema deve ser contínua. Para que isso aconteça, veja nossas dicas:

  1. Seja prático – um sistema de gestão eficiente tem os controles necessários para ser medido e acompanhado, mas sem ser burocrático. Elimine ou unifique que for possível, mas não deixe de controlar itens importantes.
  2. Veja por outro ângulo – utilize relatórios de auditorias (internas e externas) como instrumentos valiosos. São olhares externos à atividade auditada que podem trazer novas perspectivas que podem ajudar muito.
  3. Delegue – a participação das pessoas no sistema de gestão, além de trazer a experiência de quem tem a atividade na rotina, aumenta o grau de pertencimento. Quem faz parte e se sente assim, agrega mais!
  4. Avalie – avaliações constantes do processo fazem com que ele seja vivo e permaneça atualizado e prático à organização. A participação da alta direção nas avaliações é fundamental!

Autora: Carolina Thomé Utida

Diretora e auditora líder da CertiGov

Especialista em sistemas de gestão